Header Ads

Em Catu, policiamento ganha reforço, mas moradores ainda sentem medo após toque de recolher

(foto leitor Agora Pojuca)
Por: Nelson Calderaro

Moradores e visitantes passam uma tarde tranquila hoje, sexta-feira (11) na cidade de Catu há cerca de 80 km da Capital Baiana. O município enfrenta momentos de medo e tensão depois de supostos toques de recolher pelas vias públicas Catuense na madrugada dessa sexta-feira.

Segundo informações de moradores que entraram em contato com a redação do Agora Pojuca, foram divulgados diversos áudios gravados por traficantes onde eles determinavam que escolas e estabelecimentos comerciais permanecessem fechados.

Apesar da “tranquilidade” com presença maior de policiamento, com o apoio da Rondesp e Cipe Polo, moradores ainda temem pela noite e há quem admitisse ter deixado de circular pela cidade por medo.

Segundo informações da Polícia Militar, as ameaças são possíveis retaliações a operação da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia que resultou na morte do líder de uma facção criminosa que age na região, Marcelo Batista dos Santos, o 'Marreno'.

Apesar da ação policial, diversas lojas locais permanecem fechadas assim como muitos alunos deixaram de ir aos colégios da cidade nessa sexta-feira.


Atualizado às 00h57min (12/08/2017)
Tecnologia do Blogger.